segunda-feira, 10 de abril de 2017

Um viva à CNBB!

Quem é da minha geração - portanto, pessoas que viveram sob a ditadura - sabe o quanto foi importante a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil se posicionar contra a violência do regime e apoiar as liberdades democráticas.

Na luta contra a carestia e o arrocho salarial imposto pelo regime, setores da Igreja - especialmente a CNBB - tiveram um papel importante e progressista.

Agora, frente às reformas neoliberais
que agridem direitos, vejo a CNBB instruir as paróquias e os paroquianos a combater essas verdadeiras agressões contra trabalhadores da ativa e aposentados.

Não há conflito entre fé e consciência social. Aliás, o cristianismo, nos seus primórdios, foi uma força que se opôs ao Império Romano e a seus arrogantes césares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário